Deputado Zacharias Calil é agraciado com certificado de Amigo da APAE Anápolis

O deputado federal Zacharias Calil recebeu o certificado de Amigo da Apae Anápolis. Ele esteve na instituição, sendo recebido pelo presidente Vander Lúcio Barbosa e pelo corpo clínico e administrativo. Durante a entrega, Vander agradeceu o empenho do parlamentar na aprovação de emendas que beneficiam financeiramente a Apae, permitindo que as atividades médicas e pedagógicas continuem acontecendo com regularidade. “É uma honra poder contar com pessoas como o senhor no Congresso Nacional”, disse ele.

Calil agradeceu a homenagem. Num pequeno pronunciamento, disse ser ele o honrado em poder contribuir e anunciou que segue firme na luta para ampliar os recursos destinados ao Teste do Pezinho. “Faço parte da Comissão de Doenças Raras na Câmara dos Deputados e sei da importância de um diagnóstico precoce nesses casos. Diagnóstico que só o teste do pezinho pode dar já nas primeiras horas de vida”, explicou o médico.



Déficit

Segundo o presidente, todos os meses a Apae Anápolis realiza cerca de 7 mil testes do pezinho. Mas, desde 2004 o valor que é repassado via Sistema Único de Saúde (SUS) não é reajustado. Ou seja, há cerca de 16 anos. Isso, com o tempo, vem impactando as finanças da instituição e, nos últimos anos, o prejuízo tem sido na casa de R$ 1,3 milhão. “Uma situação absolutamente insustentável, que já teria feito qualquer laboratório particular fechar as portas”, podenderou.

Para conseguir manter o serviço funcionando, a Apae recorre à bancada goiana no Congresso e na Assembleia Legislativa, onde os deputados propõem emendas de reforço orçamentário para a instituição. “É assim que vamos nos mantendo e é por isso que queremos reconhecer a importância desses políticos, não só oferecendo um certificado, mas também apresentando à eles uma prestação de contas de como os recursos foram aplicados”, disse Vander.

Calil aproveitou para reforçar seu compromisso de continuar ajudando a Apae em duas frentes; destinando recursos através das emendas e pressionando o governo a atualizar a tabela do SUS, diminuindo ou até mesmo zerando o déficit atual. “Temos 13 milhões de portadores de doenças raras no Brasil. Diagnosticá-los no momento do nascimento não só é um gesto de amor, por proporcionar tratamento e melhor qualidade de vida, mas também poupa recursos do próprio governo no futuro, evitando que os pais dessa criança peregrinem pelo sistema de saúde por anos, até obter esse diagnóstico”, ponderou.

Antes de sair, o deputado federal elogiou a eficiência e a transparência da Apae, eleita mais uma vez como uma das melhores ONGs do país e a melhor de Goiás, com base na análise de 72 critérios de avaliação. “Quem dera todas as instituições tivessem a credibilidade da Apae. Mesmo não tendo muitos laços com a cidade de Anápolis, a importância dessa unidade ressoa por todos os municípios do estado, servindo de porto seguro para milhares de famílias goianas”, finalizou.


Quem é Zacharias Calil?


Natural de Goiânia (GO), Zacharias Calil estudou Medicina na Universidade Federal de Goiás e, já formado, foi aprovado para residência médica no Hospital de Base, em Brasília (DF). Após a residência, voltou para Goiânia, onde atua até hoje no serviço público. É referência para casos de alta complexidade materna-infantil.



Nesse serviço, pode desenvolver seu interesse pelas pesquisas e possibilidade de realizar grandes cirurgias, algumas inéditas, como o caso de separação das gêmeas esquiópagas Larissa e Lorraine. Foi personagem de vários documentários em canais de televisão, como na Discovery Channel, entre outros em âmbito internacional. Também tem vários artigos médicos publicados em revistas indexadas.

Hoje, além de casos com gêmeos siameses, Calil também é conhecido por ter desenvolvido um medicamento para o tratamento de hemangiomas que se destaca pela eficiência e baixo efeito colateral. Disponibilizado no HMI a custo zero, permite a crianças portadoras desse mal retomar o convívio social, já que todo o tratamento é feito em instituição pública. O tratamento também oferece as aplicações a laser para finalização da recuperação. É o único no país a fazer isto.

Calil é membro da Fundação Birthmark, com sede em Nova York, da qual é referência para tratamento de hemangioma para América do Sul. Foi Superintendente da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás, quando se dedicou a preservar, divulgar e desenvolver ações de apoio aos radiocidentados a fim de transformar a experiência do Césio 137 em aprendizado para as gerações futuras. Eleito deputado federal em 2018, foi o terceiro mais votado pelo Estado de Goiás, com mais de 151 mil votos. Recentemente foi indicado para receber o Prêmio Nobel de Medicina.


Curtiu nosso conteúdo?

Fale conosco

CENTRO ESPECIALIZADO EM SAÚDE

(62) 3098-2525

ESCOLA MARIA MONTESSORI

(62) 3098-3535

Acompanhe as novidades

pelas nossas redes sociais

Siga-nos

Mascote DOE AQUI.png